domingo, 2 de fevereiro de 2014

TRE com medo de perder eleitores prorroga prazo para cadastro biométrico em duas cidades do AM


O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas(TRE-AM) prorrogou o prazo para o recadastramento biométrico em duas cidades do interior do estado. De acordo com o órgão eleitoral, as cidades de Manacapuru e Itacoatiara, situadas na Região Metropolitana de Manaus (RMM), ficaram com a meta abaixo do estabelecido. Os eleitores dos dois municípios têm até o dia 28 de março para realizar o processo. Quem não fizer o cadastro terá o título cancelado e não poderá votar nas próximas eleições.

   
Até a semana passada, 24.892 eleitores compareceram ao cartório eleitoral em Itacoatiara para o recadastramento biométrico. O número, segundo o TRE-AM, representa 21,2% da meta estabelecida para a cidade, 48.607 eleitores. 



O total de votantes do município é de 60.684 mil.


A situação é mais preocupante em Manacapuru. O TRE-AM afirma que a oscilação do sinal de internet tem prejudicado o processo de cadastramento no município. Em Manacapuru, pouco mais de 11.400 realizaram a revisão, segundo o último balanço informado ao G1, na quinta-feira (22). A meta estabelecida para a cidade é de 48.607 eleitores. O percentual de eleitores revisados é de 22,9%.




Uma reunião realizada entre o TRE e outras autoridades competentes, definiu ações para solucionar o problema. Segundo o órgão, a Prefeitura de Manacapuru disponibilizou  rede de internet para criar novos pontos de acesso na cidade.




Atualmente, conforme o TRE, o tempo de atendimento em Manacapuru é de cerca de 15 minutos. Com a nova rede de acesso, via rádio, o tempo de recadastramento deve cair para 8 minutos. O TRE informou, no entanto, que técnicos do órgão realizaram testes para verificar a compatibilidade do link com os sistemas de recadastramento. Caso o serviço seja similar, o TRE-AM deverá disponibilizar, além do Cartório do Município, outros três pontos de cadastro em bairros da cidade e outros três em comunidades rurais.




A Justiça Eleitoral amazonense já concluiu o mesmo procedimento nos municípios de Presidente FigueiredoCareiro da VárzeaRio Preto da Eva e Novo Airão. Iranduba segue com o recadastramento até o primeiro trimestre de 2014. O voto biométrico deve ser implementado em Manaus após o pleito de 2014, quando recadastrará mais de 1.200.000 eleitores.




O TRE-AM informou ainda que os eleitores dos sete municípios amazonenses contemplados com o sistema biométrico só votarão nas eleições gerais do ano que vem se estiverem cadastrados.
MunicípioInícioTérminoEleitoradoRevisadosPercentual
Itacoatiara9/10/201328/3/201460.684 eleitores19.32239,8%
Manacapuru14/11/201328/3/201463.1156.82713,52%
Iranduba28/11/201321/3/201427.3553.39115,5%
Novo Airão16/10/20136/12/20138.0687.19189,13%
Rio Preto da Eva22/7/201318/10/201314.297
10.51973,57%
Careiro da Várzea10/6/201330/8/201315.08111.62377,07%
Presidente Figueiredo22/4/201321/6/201318.14314.19378,23%

Postagem em destaque

Câmara aprova projeto sobre renegociação das dívidas dos estados e do DF

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (10), o Projeto de Lei Complementar 257/16, que trata da renegociação das dívidas do...