quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

JOSÉ MELO -Baixinho arretado afronta Eduardo Braga



O baixinho vice-governador do Amazonas, José Melo (Pros) está mesmo decidido a não abrir mão da candidatura ao governo este ano. Numa clara afronta ao ex-aliado Eduardo Braga (PMDB), Melo disse que não descarta a possibilidade do peemedebista ser vice em sua chapa.

A chapa esquentou

Visivelmente irritado com as declarações de Melo, o ex-governador e senador pelo Amazonas, o paraense Eduardo Braga não quis nem comentar as declarações e Melo. Braga é pré-candidato ao governo.

Enquetes proibidas

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) proibiu a mídia sobre enquetes para as eleições desde ano no Amazonas. Quem publicar qualquer enquete está correndo sério risco de multas diárias e altas. Somente pesquisas registradas no tribunal podem ser divulgadas.

Omar deve anunciar candidatura hoje

Na abertura dos trabalhos na Assembléia Legislativa do Estado (ALE-AM), é esperado o anúncio oficial da candidatura do governador Omar Aziz ao senado. Se isso se confirmar, o atual senador do PR, Alfredo Nascimento, pode ir preparando a mudança de Brasília. Se quiser se manter na política, Alfredo tem vaga quase certa à Câmara Federal.

Vagas em disputa

Por falar em vagas na Câmara Federal, pelo menos três candidatos, Rebecca Garcia (PP), Henrique Oliveira e Pauderney Avelino (DEM), caso decidam disputar mesmo o governo do estado, ou como majoritários ou vice na chapa de alguém, abrem vagas para que está de olho numa dessas cadeiras.

PSDB tem Plínio Valério e Arthur Bisneto

Plínio Valério (PSDB) e Arthur Bisneto (PSDB),são os pré-candidatos mais fortes para ocupar duas dessas três vagas. Plínio leva mais vantagem porque já ocupou o lugar por oito meses e sabe muito bem os trâmites da casa, tem eleitores fiéis que querem vê-lo defendendo o Amazonas, além de ter sido considerado o 16° parlamentar, neste curto espaço de tempo, com melhor desempenho na Câmara Federal.

URGENTE - Tem concurso da Semed


A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad) e a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), assinaram, na manhã desta quarta-feira (dia 5 ), o contrato para a execução do concurso da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A reunião foi realizada na sede da Semad, entre o titular da pasta, Serafim Meirelles Neto, e a diretora-presidente da Funcab, Rosana Bittencourt. A Comissão Especial, responsável pela coordenação do certame, também participou do encontro. Na ocasião, a representante da entidade executora reiterou a satisfação na parceria com a Prefeitura de Manaus. “Cumprimos nosso papel anteriormente e continuaremos garantindo zelo na execução de mais um concurso”. Segundo o secretário, o concurso irá oferecer 2.124 vagas e formação de cadastro reserva para cargos de nível superior. Serão duas mil vagas para professor e 124 para pedagogo. “Após ajustes no cronograma, remarcamos o lançamento do edital para o próximo dia 11 e a realização das provas para o dia 13 de abril”, explicou. Ele informou ainda que, pela primeira vez, o edital será disponibilizado impresso no sistema Braille, cumprindo o que dispõe a nova Lei Municipal nº 352, de 16 de Dezembro de 2013. “A lei veio em boa hora, pois vai ao encontro da intenção do prefeito Arthur Virgílio Neto, que é ampliar as chances de portadores de deficiências ingressarem no mercado de trabalho”, reforça Meirelles Neto.

Postagem em destaque

Câmara aprova projeto sobre renegociação das dívidas dos estados e do DF

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (10), o Projeto de Lei Complementar 257/16, que trata da renegociação das dívidas do...