quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Pensamento da Hora!

O sucesso está onde você enxerga, se você faz coisas pequenas e se sente feliz, isso é sucesso¨
Victor Chaves

Melo escolhe o caminho dos tucanos para voos mais altos!


Pressionado pelo prefeito de Manaus, Artur Neto (PSDB), a anunciar apoio ao presidenciável tucano Aécio Neves, o governador José Melo (Pros) emitiu ontem o sinal mais claro de distanciamento da petista Dilma Rousseff, que também espera a entrada dele em sua reeleição. O gesto de sim ao PSDB e não ao PT saiu em entrevista que Melo concedeu à rádio Difusora. Nela, ele criticou a burocracia do Iphan no licenciamento de obras públicas no Amazonas.
Oportunidade
Artur terá hoje oportunidade de cobrar o apoio de Melo a Aécio. Os dois estarão juntos de madrugada e juntos viajarão às 6h. Eles embarcarão para Brasília para a solenidade de promulgação da PEC da ZFM.
Febre
O governador José Melo começou a sentir o peso da campanha. Por causa de um quadro febril à tarde, teve que suspender sua agenda de candidato e se recolher. A assessoria de Melo não distribuiu nenhum material sobre o quadro de saúde ele.
Promessa
A temperatura de Melo não aumentou somente em seu corpo. O governador também elevou o tom de suas promessas. Ontem, postou no Facebook que até o fim do ano o Amazonas terá 44 escolas de tempo integral.
‘Não gostei’
Caminhando na feira do São José, no domingo, o candidato a governador do PMDB, Eduardo Braga, foi abordado por uma voz que vinha de um megafone: “Só não gostei do senhor ter votado contra a menoridade penal”.
Educação
Após a provocação, o senador retrucou: “Mas eu não posso ser a favor de um projeto desses, senão vou estar colaborando para colocar um monte de crianças na cadeia”. O feirante insistiu: “Então, vamos cuidar da educação”. E Braga assentiu: “Exatamente! Educação”.
Prêmio
O senador Eduardo Braga anunciou ontem, como prêmio, a adesão do prefeito de Maués, Padre Carlos Góes (PT), à sua campanha. É o terceiro prefeito do Estado que deixa a campanha do Pros para aderir à do peemedebista.
Terceira via
Depois de iniciar viagem ao interior, o candidato a governador pelo PSB, Marcelo Ramos, avaliou que sua candidatura tem tudo para crescer em um eleitorado que rejeita Braga e Melo e aposta numa terceira via para mostrar força em seus municípios. Essa via, diz o socialista, quer entrar em sua campanha contra as forças tradicionais locais.
Intelectuais
Marcelo Ramos diz que essa terceira via é composta, em sua maioria, por jovens que deixaram o município para fazer faculdade em Manaus ou outras cidades e que agora retornaram com novas ideias que se assemelham às dele.
Pelas crianças
Duas celebridades do PDT, o ministro Manoel Dias e o senador Cristovam Buarque, gravaram vídeo declarando admiração e pedindo apoio à candidatura do deputado federal Francisco Praciano (PT) ao Senado. Na gravação, Buarque diz que votar em Praciano é votar “pelas crianças do Brasil”.
Articulação
Aliás, os vídeos de Manoel Dias e Cristovam Buarque foram articulados pelo presidente do PDT-AM, Stones Machado, que também aproveitou o ensejo para pedir que eles gravassem para sua campanha a deputado federal.
Pinga-fogo
Enquanto candidatos a governador evitam aproximação com o prefeito de Parintins, Alexandre da Carbrás (PDT), por causa de sua rejeição no município, o deputado estadual David Almeida (PDT) fez questão de alerdear que ele será seu cabo eleitoral.
Advertido por amigos da rejeição de Alexandre da Carbrás, David Almeida replicou: “Não é bem assim. Pode ser na cidade, mas na zona rural ele é muito forte”.
Quem também estava exultante ontem era o vereador Wilker Barreto (PHS), que disputa vaga de deputado federal. Em seu aniversário, reuniu 33 dos 41 colegas de Casa. Repetiu várias vezes que ficou surpreso com a presença de vereadores do PT.

fonte: http://acritica.uol.com.br/blogs/blog_do_sim_-_nao

Sidney Leite e Abdala Fraxe liberado para disputar eleição....com ficha manchada.

Os deputados estaduais Sidney Leite (Pros) e Abdala Fraxe (PTN) tiveram, ontem, os registros das candidaturas deles à reeleição liberados pela Justiça Eleitoral do Amazonas.

Prefeito de Maués de 2005 a 2008, Sidney Leite foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por receber recursos do Governo Federal para construir uma fábrica de redes no município e não ter executado a obra. 
Desde então, o nome de Sidney Leite é incluído na lista de “fichas suja”, o que fez com que o Ministério Público Eleitoral (MPE) questionasse  o registro de candidatura dele, com base na Lei Complementar nº 135, de 4 de junho de 2010 - a Lei da Ficha Limpa.

Abdala Fraxe também tinha, até ontem, a candidatura questionada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). Em 2011, o deputado foi condenado a seis anos e meio de prisão pelos crimes de formação de quadrilha e crime contra ordem tributária, econômica e relações de consumo.

Para conseguir a liberação do registro de candidatura de Sidney Leite, a defesa do deputado apresentou à Justiça Eleitoral uma decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª (em Brasília) que suspendeu os efeitos da condenação do TCU.
“O tribunal entendeu que faltou no julgamento do TCU obediência ao direito do contraditório e da ampla defesa. Por isso, suspendeu os efeitos da condenação. Logo, não há inelegibilidade do deputado”, disse o advogado de Sidney Leite, Yuri Dantas.

O procurador eleitoral Jorge Luiz Ribeiro, que participou da sessão de ontem do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), concordou com a defesa de Sidney Leite, manifestando-se contrário ao entendimento do próprio MPE, que pedia na ação de impugnação o indeferimento do registro de candidatura do deputado estadual.

Por ter contra si uma condenação criminal transitada em julgada, e por deixar de pagar multa por não te votado nas eleições de 2012, Abdala Fraxe teve o registro do pedido de candidatura impugnado pelo MPE. 
A defesa de Abdala Fraxe alegou nos autos do processo que a sentença contra o cliente sofreu uma alteração, e à atual foram apresentados recursos que ainda não foram julgados. “Para essa nova sentença já foram apresentados recursos de apelação, e a sentença não está transitada em julgada”, defendeu o advogado Bartolomeu de Azevedo.

fonte:http://acritica.uol.com.br

UEA tem novidade para os estudiosos do amazonas!


A notícia foi divulgada nesta terça-feira (5), com o lançamento dos editais do Vestibular e do Sistema de Ingresso Seriado (SIS) 2014, para acesso em 2015

    Universidade do Estado do Amazonas (UEA)
    Universidade do Estado do Amazonas (UEA) (Divulgação)
    A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) vai oferecer seis novos cursos no ano que vem: Farmácia, Engenharia de Materiais, Engenharia Eletrônica, Tecnologia em Jogos Digitais, Bacharelado em Química e Sistemas de Informação. A notícia foi divulgada nesta terça-feira (5), com o lançamento dos editais do Vestibular e do Sistema de Ingresso Seriado (SIS) 2014, para acesso em 2015.
    Para o Vestibular, são oferecidas 3.964 vagas, sendo 1.224 para a capital, 2.568 para o interior e 172 vagas destinadas aos indígenas. Já o edital do SIS, dispõe de 2.686 vagas, sendo 816 para capital e 1.712 para o interior do estado, além de 158 vagas destinadas aos indígenas.Ao todo, os editais oferecem 6.650 vagas, incluindo as vagas destinadas aos indígenas. 

    O reitor da UEA, Cleinaldo de Almeida Costa, destacou o compromisso da Universidade na criação de novos cursos e de oportunidades para os acadêmicos que vão ingressar na Universidade em 2015. "Se levarmos em consideração o Vestibular de 2013, temos um aumento de cerca de 850 novas vagas, além de seis novos cursos oferecidos na UEA. Outras novidades têm surgido, a exemplo do curso de Direito em municípios do interior do estado, atendendo demandas das comunidades", afirmou.

    A inscrição para as provas do Vestibular e SIS será realizada exclusivamente no portal da UEA (www.uea.edu.br), no período de 1º a 30 de setembro. A taxa de inscrição do Vestibular será de R$ 40. A taxa de inscrição do SIS será de R$ 35.

    Provas

    As provas do SIS acontecerão no dia 14 de novembro e as do Vestibular, nos dias 15 e 16 de novembro. As provas serão realizadas com início às 13h (horário de Manaus). A Comissão de Ingresso do Vestibular alerta para o fechamento dos portões de acesso aos locais da prova, impreterivelmente, às 12h50, horário de Manaus.

    Além das provas de Conhecimentos Gerais, os candidatos aos cursos de Música, Dança e Teatro também serão submetidos à Prova de Habilidade Específica, de caráter classificatório e eliminatório. A prova será realizada na Escola Superior de Artes e Turismo (Esat), localizada na rua Leonardo Malcher, 1728, bairro Praça 14, em Manaus, de acordo com as datas e horários disponíveis no edital.

    A Prova de Habilidade Específica - Prova Prática - do Curso de Teatro e Prova Teórica de Conhecimentos Específicos Musicais - do curso de Música acontecerá no dia 12 de outubro. Já a Prova de Habilidade Específica - Prova Prática - dos Cursos de Dança e Música acontecerão no dia 19 de outubro, em horário a ser publicado no portal da UEA.

    O candidato para o curso de Música, Dança e Teatro deverá indicar uma segunda opção de curso, na mesma área de conhecimento, no ato da inscrição, que não seja igual a primeira opção de curso e não exija prova de Habilidade Específica. O candidato só concorrerá à segunda opção de curso em caso de reprovação na prova de Habilidade Específica.

    fonte:ACRITICA.COM

    Postagem em destaque

    Câmara aprova projeto sobre renegociação das dívidas dos estados e do DF

    A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (10), o Projeto de Lei Complementar 257/16, que trata da renegociação das dívidas do...